segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Espera




Plantei um sofrimento

Eu plantei uma dor
e rego pela manhã
à tarde
à noite 
Angustiada
Está brotando
Sem harmonia
Desabrigada
Sem poesia alguma
Plantei um espírito aflito

já está enraizado
o adeus.