Ele é o pássaro dos meus dias

Deixo vivê-lo em mim como a árvore que abriga o ninho do pássaro que ama, mesmo temendo que, por amor ao azul-fascinante, ele bata as asas e se vá.
Amar é arriscar deixar tocar o galho.


Comentários

  1. Concordo "amar e arriscar"
    Amei *-*
    Bjnhs
    http://karoline-depois-das-letras.blogspot.com/2015/07/o-que-nos-impende-de-tentar.html

    ResponderExcluir
  2. Bela poeta... linda e tocante.... talentosa e muito bela!!!
    O amor és tudo isso... instigante...!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ora nem mais, é mesmo assim!
    Adorei

    Bom fim de semana. Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Bonitas e sinceras palavras de uma moça apaixonada!

    Saudações!

    http://graforreico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. o mais difícil caminho do gostar...deixar que nos "toquem" onde o risco de dor é forte e longo!

    ResponderExcluir
  6. A sua delicadeza e singeleza tornam únicos os teus poemas, Simone!
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Amar é uma delícia, mas também pede muita coragem e um pouco de loucura... =)
    Como sempre, seus textos são sempre tocantes!
    Grande beijo e fica com Deus!

    Simone, eu sou a do blog Riquezas =P que você havia recomendado para responder uma tag =) Bom, andei mudando algumas coisas, mas agora o nome é definitivo "respire e VAI". Acabei fazendo essa alteração, pq gostaria que o nome do blog tb fosse uma maneira de enviar uma mensagem positiva às pessoas.

    Quando puder e quiser, dê uma passadinha =) Ficarei muito honrada!
    www.respireevai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Bela postagem.

    Bom final de semana- beijos-visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. Não é de hoje que percebo o seu especial apreço por pássaros, Simone, pois, muitos de seus inspirados textos possuem alguma referência ao universo dos pássaros.

    Esse fato despertou minha curiosidade e me faz perguntar qual a razão dessa peculiar adoração por eles?

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. "Amar é arriscar deixar tocar o galho." Ou se preservar e morrer de tédio, galho ressequido. Beijos, Si.

    ResponderExcluir
  11. Belas expressões a sua brilhante poesia. Uma feliz noite e um maravilhoso fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde, amar livremente e intensamente como os pássaros, é simplesmente maravilhoso, assim como, são os seus sentimentos revelados no que escreve.
    AG

    ResponderExcluir

Postar um comentário