Não quero olhar em teus olhos hoje



Maculei tua imagem tão impecável na minha memória, com um beijo.
Desaprendemos o beijo.
Desaprenderemos o sentimento?

Comentários

  1. A meu ver acho que o sentimento sempre permanece, mesmo que adormecido um pouco... Pelo menos enquanto fizer sentido para nós, por mais que para a outra pessoa não faça... Um Domingo Feliz Simone :) beijo

    ResponderExcluir
  2. Beijar a pessoa amada é "jamais" maculá-la....
    Beije, beije....beije... aprenda e reaprenda o beijo.. torne a reaprender..... isso acende o sentimento....
    NUNCA DESAPRENDA O REAPRENDER....
    Adoro-te!!!

    ResponderExcluir
  3. O beijo não se desaprende, mas fica a saudade.
    O sentimento pode morrer!

    Beijinho, bom Domingo.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Beijo que é beijo jamais é esquecido. Bjusss amada.

    ResponderExcluir
  5. Um sentimento jamais e esquecido , por mais que o tempo passe ele sempre esta presente *-*
    Bjnhs

    http://karoline-o-meu-melhor.blogspot.com.br/2015/03/um-aliado-contra-acne.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Simone
    Fica sempre uma lembrança indelével de sentimentos já experimentados.Não se esquece atenua-se a força .
    Obrigada pela visita.
    Gostei também do seu 'bem me quer...'
    boa semana

    ResponderExcluir
  7. Sentimento jamais será esquecido. Sábias palavras transcritas. bjs Si, boa semana

    ResponderExcluir
  8. Macular pode ser criar e aprender o novo sem desaprender o sentir a memória a partir do antigo. Gostei dessa dança.

    ResponderExcluir
  9. Olá Simone, vim agradecer por sua visita em meu blog!
    Grata! Volte sempre que quiser!
    Gostei do seu espaço, dos seus escritos...

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  10. Jamais,devia até ser crime,rs,enfim,acho que é como andar de bicicleta.

    Abraço !

    ResponderExcluir
  11. talvez a intensidade de um beijo diga mais sobre uma relação...! beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Olá, Simone!

    Passando para conhecer teu belíssimo espaço! Parabéns!
    E muito obrigada pela visita!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Se não desejamos "ler" dentro dos olhos de quem amamos, não conheceremos o sentimento que lhe vai na Alma. Assim se perderá uma parcela de Amor; assim se irá, também, a doçura de um beijo.
    Gostei.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  14. Se ainda tem sentimento beijar é questão de reaprender ;)
    Amei sua visita no meu blog, seu espaço aqui é lindo. Seus textos também, tudo lindo. E eu tenho uma quedinha por margaridas (elas são o plano de fundo do seu blog, não são?)
    Volte sempre ;D
    Beijos rimados pra você :*

    ResponderExcluir
  15. Faz pensar...... perda de conexão?...

    Acho lindos seus sentimentos em palavras e adoro essas flores suaves do seu cantinho.

    Abraços e ótimo dia.

    ResponderExcluir
  16. Sentimento me parece coisa que não se desaprende, mas nem por isso está isento de ser esquecido ou abandonado...
    Feliz meio de semana pra você!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Aconteceu isso é tudo. Sublime impulso de haver beijado. Beijos, Si.

    ResponderExcluir
  18. Como em tudo na vida, o sentimento encerra uma carga psicológica, para sabermos gerir.
    Doce ou agreste, ele fica como marca e lição.

    http://rasgarosilencio.blogspot.pt/

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. O sentimento se transforma
    O beijo sempre será o beijo

    Tudo bonito por aqui!!
    Abraço

    ResponderExcluir
  20. Nunca desaprenderemos esses sentimentos latentes, o máximo que se pode fazer é acomodar, guardar para mais tarde. Porque perdura e dói.

    ResponderExcluir
  21. Enquanto existirem flores,
    e pessoas queridas como você,
    haveremos de ter assegurado o fluxo dos bons sentimentos.

    Beijos, querida vizinha de letras.

    Be


    *

    ResponderExcluir
  22. Talvez o amor em sua essência seja uma criação onírica da mente humana, o amor idealizado que nunca se concretiza, a ideia do amor sendo mais sublime que o toque em si... Como se amássemos a ideia do amor e não a pessoa em si. Suas palavras, mesmo curtas, me causaram um turbilhão de reflexões Simone!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  23. a gente desaprende tanta coisa. eu me sinto reconstruída a cada final de dia.
    triste mesmo é quando a gente aprende a desamar [ou seria desaprende a amar?] quem um dia tanto bem nos fez. lindo de viver, doer, morrer...

    ResponderExcluir

Postar um comentário