Sem esperar por resposta 3

Querido

   Os dias passaram rápido. A árvore que plantamos cresceu bastante. Acredita que já colhi vários morangos do pé? Você percebeu que tenho tomado chá na varanda no final da tarde? Gosto do barulho calmo do rio e de que como isso me faz pensar em você. Sinto falta de te ouvir cantar enquanto regava o jardim. Ou de quando corria atrás de mim, por toda a casa, com a Polaroid. E de quando me irritava com você quando ria nos momentos em que eu falava sério, e como acabava por me fazer rir também. 
   Vi a chuva de meteoros ontem, sentada no banco de madeira no quintal, onde ficávamos deitados sob o lençol d'estrelas. Sim, meu bem, a constelação ainda é nossa. Oferecemos um ao outro. É nossa! 
   Senti o vento frio beijando meu rosto e quase jurei que ele trazia seu cheiro. Dormi ali mesmo. Onde fizemos amor antes de você partir. Dessa vez, fiz amor com suas lembranças, olhando pro céu e tentando descobrir qual daqueles pontos brilhantes olhando pra mim, era você.

Sua.


- Pra um amor que não morreu.






Comentários

  1. Amei o texto Simone,quem me dera ter essa facilidade para escrever em rs *-* bjnhs
    http://karoline-o-meu-melhor.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Lindo!!

    Um verdadeiro amor nunca morre =)

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde

    Parabéns pelo texto lindíssimo e sensível...AMEI.
    Concordo, um amor nunca morre.

    Beijinho com carrinho.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito ...gostei muito

    Deixo cumprimentos

    Estou por aqui:

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Prosa poética divinamente inspirada e bela. Parabéns e lindo dia. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Amei seu blog,
    Amei esse post,
    Estou seguindo/Retribui?
    beijinhos

    http://divasblogtms.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/pages/Divas%C2%B3/1478101982460409

    ResponderExcluir
  7. Eternizando momentos especiais, mas em paz... =) Com leveza de corpo e de espírito... Que seja sempre uma lembrança doce e serena, como o raio de sol de uma manhã fria...
    Beijos!

    www.riquezasriquezas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Lindo o texto. É muito difícil perder pessoas que amamos.
    Essa imagem que você escolheu foi perfeita.
    Parabéns pelos textos e pelo blog.

    ResponderExcluir
  9. Li, e instantaneamente lembrei da canção interpretada por Ivete, A lua que eu te dei.

    Muito delicado seu texto, e cheio de detalhes apaixonantes!

    ResponderExcluir
  10. O texto é lindo mas as imagens deram todo o toque especial. Li sobre a história desse casal, que lindo <33

    ResponderExcluir

Postar um comentário