sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Você ainda me dói.

Não interessa o quanto eu me finja de forte, e diga pra mim mesma que o passado ficou perdido no tempo, é em você que penso todas as noites. Todos os dias. Me dá uma dica, me arruma uma desculpa, me ajuda a te esquecer, que eu já fiz de tudo, mas é de você que eu lembro quando uma estrela cadente cai. Na minha cabeça, eu pinto tua imagem tão nítida, e ouço tuas palavras tão sérias dizendo que me amava. E é disso que mais me lembro. Do teu euteamo me abraçando com um olhar doce. E do meu euteamo pra ti como um segredo, algo sagrado, que nenhuma outra pessoa ouviu. E que ainda falo baixinho, só pra mim. Só pra ti. E que ainda faz doer aqui dentro. Sim, você ainda me dói.  (...) 




Sabe quele sempre e pra sempre? Ele existe.

sábado, 4 de agosto de 2012

Sobre um nós que já foram dois.

   Sim, eu desejei tudo, eu desejei que você fosse feliz, te desejei
   E eu te vejo correndo agora pelo mundo, sorrindo pras pessoas, acompanhado de outras tantas que querem te fazer feliz. E me sinto feliz. Muito. Mas meu espirito egoísta continua preso a você, aquele espírito que nasceu com o amor e não com a amizade, e que quer que a sua vontade ainda seja estar comigo. Sabe aquele desejo de que existisse um além-nós, porque o que sentíamos era grande demais pra um espaço e tempo tão curtos? Ele volta a cada palavra trocada, a cada memória lembrada. Depois vai embora, junto com a sua presença, que também não demora. E depois volta com força. E depois vai embora de novo. 
   Tantas coisas acontecem todos os dias, coisas que eu gostaria de te contar, coisas bobas que você iria rir e algumas que te deixariam triste e que eu faria de tudo pra esconder. Coisas minhas que eu gostaria de colar no nosso album de segredos a dois, bem perto das suas, mas que não se juntam mais. E é aí que eu sinto que a vida está realmente passando, está indo, abraçando cada um de nós e dando adeus à nós dois. Mas eu sei, eu sinto, não importa, alguém realmente importante nunca deixa de ser importante por mais que uma vida toda passe.

.
 



 E eu te guardei em mim.