Sobre quanto vai durar

Ela abriu o livro com cuidado, era o seu livro preferido. Lia e relia e chorava todas as vezes. Era uma sentimental...
Folheou algumas páginas e surpresa, leu o que estava escrito com letras desajeitadas:

'Que esta linda história nos mostre que Deus está sempre conosco e que vai nos ajudar a formar uma linda família e sermos muito felizes. Vamos ser felizes, sempre e pra sempre. Te amo muito.'

Contornou com a caneta azul e sorriu, vendo a data.
Julho de 2010.
O seu julho mais encantador, mais cheio de flores na cabeça, mais cheio de risos e vento no rosto.
Eram um casal. Com todas as pequenas imperfeições que um casal pode ter, mas sentiam um pelo outro o que nem todo casal que aparentava ser mais-que-perfeito sentia.
Sorriu novamente, boba, voltando no tempo, encostada na estante da sala.
As palavras dele faziam bem ao seu coração.
Ele a fazia feliz.
Ele tornava o caminho do seu sorriso mais curto.


   Ela escreveu abaixo da letra dele:
   Eu quero você para sempre. Você e eu, todos os dias.*
   Eu acredito no nosso sempre e pra sempre.
   
   Colocou o livro no lugar, sentindo que um dia os dois iriam ler aquelas palavras juntos. E juntos sorririam.


  
*Frase do Livro Diário de uma Paixão.



Comentários

  1. Coisa boa é ter memória, é arquivar lembranças, é reviver.

    (suspiros)

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  2. "Ela era uma sentimental"
    Quem disse que isso não é bom?
    Tenho para mim que ele sempre te fará bem, e que palavras dele sempre lhe trarão um sorriso ao rosto...

    Bei-jos

    ResponderExcluir
  3. Você tem um gosto literario muito bom! É bom acreditar, no seu próprio "pra sempre"

    ResponderExcluir
  4. OIII
    TEM SELINHO PRA TI!!PASSA LA NO MEU BLOG E PEGA!
    http://nanx-nany.blogspot.com/
    BJUS!

    ResponderExcluir

Postar um comentário