(In)Consciência II

   Hoje não quero falar de tristeza, não. Não quero te machucar, nem ligar várias vezes pra te exigir explicações da sua vida. Hoje eu não quero buscar soluções pra tudo. Pra nada. Não quero saber da dor de ninguém. Pareço egoísta? Eu me importo com o mundo, com as pessoas, com você. Mas, hoje não. Eu descaradamente não quero me importar com nada. Você consegue entender?   
   Me lembro de quando era criança e descia, despreocupada e travessa, na correnteza dos rios perto da casa da mãe. É isso que eu quero. Que a correnteza me leve, sem preocupações, sem tantas obrigações, sem compromissos... Que ela me leve, boiando, olhando pro céu azul, com algumas nuvens, mais bonito que já vi. Sabe o que eu quero? Quero tomar sorvete e comer chocolate, tomar refrigerante e comer todas as massas que eu gosto. Quero um coração menos duro, menos apertado. Mas eu já afastei o amor de mim, e meu colesterol continua subindo... Não sei se você me entende... Desconfio que...
   Sabe, eu quero não ser paquerada. Nem receber ligações de ex. Quero um descanso de relações afetivo-erótico-amorosas. Eu não quero machucar você. Quero o melhor de mim, que está aqui dentro, mas não quer sair. Quero o melhor pra você. Quero trabalhar e dormir mais. E ocupar minha cabeça, porque não quero pensar em você. Me deixe em paz. Quero te deixar em paz. Quero te ver com outra e sofrer mais um pouquinho por ti. Eu quero que você me dê uma flor, aquela que você sabe qual é. Não quero saber de você. Não quero te ver.
   Secretamente, quero que você entre no meu coração de novo, me ajude a organizar um pouquinho dessa sensação de bagunça...Você vai saber as coisas que ainda quero tanto, e as coisas que não quero mais. Todas. Você vai me conhecer profundamente de novo.
   Vai me re-conhecer.


Comentários

  1. Será um estágio avançado do processo de reinvenção?

    Creio que sim.

    Coisas boas sempre vêm nessas fases.

    ;)

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  2. Lindo esse texto ! Também tô assim, alguns veêm como egoísta, mas eu só quero minha paz.

    Beeijos linda !!

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto..
    Sabe.. às vezes gosto de sentir toda essa confusão... É bom ver que ainda há descontroles pra me mostrar que estou no controle! Se organizar para bagunçar tudo.. e se organizar mais uma vez.. e a cada nova reorganização redescobrimos algo bom de nós que estava perdido na bagunça... e isso é o melhor nisso tudo!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. acho que tbm presciso disso, um momento meu, só meu, sem preocupações, sem mágoas passadas, sem nada em mente! um momento pra pensar e que ninguém me tire desse sossego!
    texto lindo
    beijos
    http://oamorhadevencer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo esse texto garota dos pensamentos bagunçados.
    Simplesmente fiquei orgulhosa.
    Essa bagunça vai passar....
    Eu sei.

    ResponderExcluir
  6. Seu blog é lindo!
    Escrever é a forma mais linda de partilha e alívios.
    Você expressa muito bem e com grande lindeza seus pensamentos
    O meu blog está engatinhando, é criancinha aprendendo as descobertas, ansioso por caminhar.
    Fico contente em ter vc seguindo!
    :DD
    Leveza, paz e bem!

    ResponderExcluir

Postar um comentário