Sms

_Oi. Desculpa insistir. Você já deve estar numa folha nova, branca, primeira linha. E vai recomeçar a escrever. Vai tentar não lembrar de rascunhos com letras confusas e meio apagadas. O rascunho jogado ainda será desamassado e lido novamente? Por quanto tempo ele demorará para desmanchar-se por completo, sem deixar vestígios nenhum? Quanto, quanto tempo?

_ Se esse rascunho não fosse tudo que se tinha...

_ Não joga esse rascunho, não. Pelo menos, deixa guardado, deixa num canto. Você nem precisa ver muitas vezes, não. Mas, deixa ali, pra se um dia, você quiser, desamassar e ler. O rascunho vai continuar ali do jeito que você dexou. Esperando. Ansiando. Qualquer tempo.




: Uma porta aberta. Uma janela. Mas deixa esperança!

Comentários

  1. E a gente nasce, cresce e vive com esperanças. E na maioria das vezes, a mesma acaba com nosso humor =/
    Bom final de semana, se quiser visualizar o meu (:
    http://o-que-ninguem-ve.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Realmente, sempre há esperança.


    Às vezes nem sabemos, mas por trás de todos nós e até mesmo do próprio pensamento há sempre esperança.

    ResponderExcluir
  3. Inesplicavelmente lindo esse texto, parabéns!

    ResponderExcluir

Postar um comentário