Um perfume gostoso dançava no ar. Havia também uma pele alva e macia (lembrava chocolate branco), uma boca sincera, olhos atentos, profundos.
  Uma casca dura, ao que parecia, quase que impenetrável, mas um coração sensível, a sua parte mais bela...
  Tinha três hábitos: 
   camuflar sua tristeza, 
   chorar em silêncio, 
   perdoar com frequência.
  Simplesmente o mundo não o merecia. As pessoas e seu pouco amor, falso amor, definitivamente não estavam preparados pra ele. Uma espécie de pessoa imaginária. Uma espécie tão rara. Alguém revestido de luz. Alguém que sabia amar.



A um menino da boca rosada e pele de chocolate branco

Comentários

  1. Gostei muito, me identifiquei!

    ''Simplesmente o mundo não o merecia. As pessoas e seu pouco amor, falso amor, definitivamente não estavam preparados pra ele. Uma espécie de pessoa imaginária. Uma espécie tão rara. Alguém revestido de luz. Alguém que sabia amar.''

    ResponderExcluir

Postar um comentário