Noel


        
          Já faz muito, muito tempo que não escrevo pra você. Me lembro de quando, já perto do natal, eu deitava de barriga no chão e pernas pro ar e ia te contar o que eu queria de presente. Mas sabe, sinceramente, não achei que te escreveria de novo, não. . Você sabe, não fui boazinha, fui zangada, malvada até, exigi muito dos outros e não quis saber se estava fazendo o que era certo. Eu chorei, me mantive calada e fechada, me tranquei, virei pro lado e dormi cedo, tive medo de dizer Feliz Natal. Não mereço presentes. . .        
        Tenho medo dos próximos natais, Noel. Estive gelada nesses últimos anos e preciso me aquecer. Mas, quero que as pessoas todas a minha volta estejam agasalhadas também. Andei olhando tudo, distraída e observadora, achando que os presentes que elas estão pedindo sairam um pouco de moda. Sei bem, não é da minha conta , mas dá angústia, eu também já pedi alguns meio inúteis, mas hoje, olha, eu só queria pedir uma coisinha:
     ** Despeja todo amor e alegria, força e esperança que você carregar nesse saco vermelho de bordas brancas! Sacode bem, deixa tudo cair de leve nos rostos e mãos.. Não quero que elas vivam se virando sem calor de abraço, cumplicidade nos olhares, sorrisos verdadeiros e doações de si mesmas. Elas precisam. Não sabem ainda, mas já precisam.
          Não prometerei me comportar e nem escrever novamente, mas espero que não esqueça. Sei que há muitos outros pedidos aí espalhados, então já vou embora.
                                            
                                               

                                                 Abraços brancos e vermelhos.

                                                                           

                                                                         Menina do apart. 159.




Comentários

  1. Nossa!! Q Lindo!!! Como gostaria de ter escrito isso. Muito bom!!!!
    Passei aki p conhecer teu blog e adorei.
    Visita o meu tb.
    Abraços ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário